Escrivaninha para Estudo: 12 Dicas e 54 Inspirações Imperdíveis!

要求報價

此為無效的號碼。請確認你的國碼、已去除前缀的 0 ,還有電話號碼是否都正確。
點擊 '送出' 的話,代表我已詳閱 隱私政策 並同意當我請求支援時,homify可以使用我之前提供的資料.
小提點:只要發電郵給 privacy@homify.com,你就能隨時撤回我們的使用權限。

Escrivaninha para Estudo: 12 Dicas e 54 Inspirações Imperdíveis!

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
根據 Camila Giongo Arquitetas Associadas - Decoração de Interiores ME 現代風
Loading admin actions …

Ter um escritório ou uma área de estudos em casa bonito, confortável e eficiente é uma necessidade para muitas crianças, adolescentes e adultos. Neste ambiente, o elemento mais importante é a escrivaninha para estudo – e saiba que existem modelos até para lugares pequenos.

Escolher e usar este móvel em um determinado espaço exige a concretização de uma série de condições e, no processo, pode ser uma ótima ideia contar com a expertise de um designer de interiores ou decorador.

Neste livro de ideias, apresentamos 12 passos que vão ajudar você a conhecer melhor o assunto antes de falar com um profissional. Para ilustrá-lo com opções para diversos espaços e em diferentes estilos, você pode contar também com 54 imagens inspiradoras. Confira!

1. Escolha o ambiente adequado

Muita gente tem o hábito de estudar na mesa da sala de jantar ou da cozinha por não ter um lugar apropriado para isso. No caso de adolescentes, é comum se jogar na cama e estudar ali mesmo, apesar de não ser recomendável por todos os motivos do mundo. Tanto eles, quanto as crianças e também os adultos, precisam ter um cantinho especialmente pensado para os estudos ou o trabalho, de preferência com uma escrivaninha – o móvel ideal para esse propósito.   

È preciso ter em mente que setorizar diferentes funções em uma casa não só torna tudo mais agradável, como também otimiza a função de cada ambiente e aumenta a produtividade de cada tarefa. É primordial ter um local adequado onde instalar a mesa de estudo ideal, que tem que ser bonita, agradável, resistente, prática e funcional.

Portanto, a primeira coisa a ser definida quando se quer criar um canto ideal para os estudos, não importa a idade de quem vai estudar, é escolher o ambiente certo na casa para instalá-lo.   

Os ambientes mais comuns são a sala de estar, geralmente com a criação de um home-office, algo que vem ganhando cada vez mais espaço na decoração atual, e o quarto, onde se tem duas vantagens em relação à sala: silêncio e privacidade, duas condições essenciais para o bom rendimento nos estudos e qualquer outra atividade intelectual que exija concentração.

A escrivaninha para quarto não é apenas útil: ela faz parte da decoração e pode até mesmo ser planejada como o grande destaque do ambiente. Nessa categoria, aliás, há um caso bem especial: o quarto infantil, onde o canto de estudos merece muita atenção para unir com perfeição a funcionalidade com a criatividade que estimula a imaginação da criança.   

Há ainda outras possibilidades, como o escritório, um espaço totalmente reservado para esse tipo de atividade, mas que não está ao alcance de todo mundo, já que significa dispor de um cômodo exclusivamente para isso.

Mas, na verdade, um cantinho de estudos pode ser instalado em lugares grandes ou pequenos, alguns tão interessantes quanto o vão embaixo da escada, que é perfeito quando se tem pouco espaço na casa e, ao mesmo tempo, não se sabe o que fazer para dar uma função para esse lugar que costuma ser negligenciado na decoração. Um exemplo é esta clássica escrivaninha de madeira, que confere muito charme à decoração de um cantinho como esse.  

2. Encontre o lugar certo

Depois de se decidir em que ambiente o quarto de estudos vai ser instalado, é preciso analisar qual lugar nesse espaço é o mais indicado para se colocar uma escrivaninha e contribuir para a qualidade das atividades.

O posicionamento dela é importante: como é preciso garantir o foco, ela não deve estar voltada para a paisagem da janela ou para a televisão, pois isso é um convite irresistível à distração.

Também é preciso que esse lugar tenha boas fontes de luz natural e artificial, assim como ser o mais tranquilo e silencioso possível. O conforto, a organização e o fácil acesso são igualmente essenciais para que possa otimizar a fixação dos conteúdos estudados.  

3. Saiba as medidas corretas

O tamanho correto da escrivaninha depende do lugar onde ela irá ficar. Em um lugar pequeno, obviamente a escrivaninha escolhida também será pequena. Mesmo que caiba uma maior no espaço disponível, isso pode sobrecarregar o ambiente e causar justamente o que não se quer: desconforto e sensação de excesso.

De maneira geral, a bancada da escrivaninha deve ter no mínimo 50 cm de profundidade que permitam acomodar com folga todos os itens que serão utilizados durante as atividades. Por sua vez, a largura recomendada é de no mínimo 1,20 m, dos quais 80 cm que permitam haver espaço suficiente para a pessoa se movimentar e outros 40 cm para as gavetas.

Quando não se tem os 50 cm de profundidade para a escrivaninha, pode-se aproveitar as paredes para organizar os materiais e assim deixar a bancada livre. Uma boa sugestão é utilizar uma placa furadinha chamada pegboard, que permite o encaixe de muitos itens. Se, por outro lado, não se tem espaço para uma escrivaninha de 1,20 m, pode-se optar por uma com 80 cm que já venha com gavetas debaixo do tampo.  

Outra solução perfeita é recorrer aos móveis sob medida e poder contar com uma mesa planejada exatamente para o espaço disponível, como vemos na imagem acima, que mostra uma bancada para computador de design clean e minimalista.   

4. Escolha o material apropriado

As escrivaninhas e bancadas em madeira ou com revestimentos laminados costumam ser mais resistentes, sendo que as últimas também resistem bem a riscos e arranhões e são mais fáceis de limpar. Por outro lado, deve-se evitar totalmente o vidro, a não ser que ele seja usado como tampo para proteção de uma mesa de madeira. O risco de acidentes é alto com esse tipo de material, o que deve ser motivo de cuidado redobrado quando se destina ao quarto de uma criança ou adolescente. Outra medida de segurança importante é optar sempre por cantos arredondados.   

5. Crie a iluminação perfeita

A iluminação da escrivaninha ou bancada é fundamental para a criação de um espaço adequado de estudo, como exemplifica esta escrivaninha de canto para quarto. Um lugar ou ambiente mal iluminado pode causar sono, irritação, cansaço e desmotivação, além de tornar o estudo cansativo e propiciar condições que prejudiquem a visão no futuro.

A iluminação natural é a ideal durante o dia, portanto é uma boa medida posicionar a escrivaninha sob a janela, desde que a paisagem não dispute as atenções com os estudos. Uma cortina fina ou persiana pode ajudar a filtrar a luz natural e, ao mesmo tempo, colocar uma barreira visual.

Já a iluminação artificial, própria para o estudo noturno, pode ser bem resolvida com algumas opções, como um ponto de luz sobre a bancada, luz embutida debaixo de uma prateleira acima da bancada, arandela retrátil ou pendente com foco dirigido e luminária pequena sobre a bancada com foco dirigido. Nos casos da arandela, do pendente ou da luminária de mesa, é importante posicionar a luz na altura do queixo para não ofuscar os olhos.     

A escolha entre essas soluções vai depender da capacidade de cada alternativa satisfazer duas condições básicas: abrir espaço na bancada e direcionar o foco para o material de estudo de modo a evitar o cansaço visual causado pelo excesso de sombras. Nesse sentido, uma dica valiosa é posicionar a fonte de luz do lado oposto ao que se escreve para não criar sombras.

Quanto às lâmpadas mais indicadas para o canto de estudos, aquelas com luz branca são as melhores, pois estimulam a atenção, ao contrário daquelas com luz amarela, que favorecem o relaxamento. Além disso, as luzes LED têm a vantagem de não esquentar.  

6. Escolha o modelo ideal

Existem variados modelos de escrivaninhas, desde modelos clássicos em madeira e com tampa e gavetas internas até modelos minimalistas com design enxuto e limpo. Modelos como aqueles com gavetas sob a bancada ou nichos acima dela são bastante populares por permitirem a organização dos materiais.

Mas, antes de escolher o modelo, é necessário, como já foi dito, determinar o espaço que a escrivaninha vai ocupar, decidir se vai se optar por uma peça avulsa ou sob medida e considerar o estilo de decoração do ambiente na escolha.

Um dos melhores modelos de escrivaninha é a em L, também chamada de canto, que oferece um espaço bem amplo para as atividades de estudo. Ele também é indicado para os casos em que o espaço da bancada precisa ser dividido por duas pessoas, que podem até criar dois ambientes diferentes. Também existem escrivaninhas de canto em tamanhos compactos para espaços menores e, nesse caso, uma forma de otimizá-las é investir em nichos na parede.  

Já as escrivaninhas suspensas também podem ser uma boa alternativa para lugares pequenos, pois costumam ter um design que permite fechá-las após o uso de modo a não interferir na circulação do ambiente.

Justamente por causa desse design diferente, esse tipo de escrivaninha é ótimo para a decoração, uma vez que pode fazer parte de uma composição com quadros, livros, espelhos e outros itens decorativos. Existem ainda as opções de uma mesa para quarto ou de uma bancada simples como canto de estudos.

Outros modelos criativos, possíveis em alguns casos também com a marcenaria sob medida, em especial para um espaço pequeno, são os chamados móveis multifuncionais como a escrivaninha com estante, a escrivaninha anexada à cama, a escrivaninha embutida, a escrivaninha que também é mesinha de cabeceira, a escrivaninha com espelho ou penteadeira ou, ainda, beliche com escrivaninha na parte inferior, aproveitando bem o espaço disponível no quarto.

Aliás, esse tipo de móvel é muito atraente para as crianças, que adoram coisas que se transformam em outras ou que guardam algum recurso secreto. Também é interessante pensar em oferecer para elas uma escrivaninha infantil como cantinho de estudos que possa ser ajustada à medida que crescem, de modo que se ganha também em durabilidade.   

7. Escolha a cor conforme o estilo

A cor é um elemento importante na decoração e, no caso da escrivaninha, não é diferente, principalmente porque contribui para tornar o canto de estudos confortável e acolhedor. A peça deve se harmonizar com o estilo do ambiente em que ela está instalada, tanto em questão de tamanho e formato, quanto em termos de cor.

As cores neutras são sempre versáteis e podem ser usadas sem medo. No caso de uma decoração mais neutra ou minimalista, pode-se optar por uma escrivaninha na cor branca, que se adapta facilmente a qualquer ambiente, sem deixar de lado o design compatível com o estilo.

A cor branca também é interessante quando se quer lançar pontos de cor mais forte no ambiente, como o vermelho, o laranja e o amarelo. Em quartos de criança, pode ser uma boa solução para fazer a escrivaninha durar mais tempo, mudando apenas os toques de cor em objetos e acessórios a cada fase da criança, ao mesmo tempo em que se dá um tom alegre ao ambiente.  

Já a escrivaninha preta é perfeita quando se quer um modelo elegante e com personalidade, assim como um ambiente com as mesmas qualidades. Se a escrivaninha na cor branca com toques de cor é alegre e descontraído, uma escrivaninha na cor preta pode ficar com um visual bem arrojado e moderno com um elemento colorido, como uma cadeira vermelha ou rosa.   

Mas lembre-se de que, entre o branco e o preto, existe uma miríade de cores para uma escrivaninha bonita para um cantinho de estudos, seja em um ambiente para adultos, seja em um ambiente para adolescente ou criança. Use sua criatividade e imaginação!  

8. Escolha a cadeira mais confortável

Conforto é fundamental em um local de estudos. Tanto quanto a escrivaninha certa, a cadeira certa é garantia desse conforto. Uma cadeira inadequada pode se tornar muito incômoda e prejudicar a concentração, além de propiciar no médio ou longo prazo problemas na coluna por causa de uma postura errada ou na circulação das pernas por causa de uma altura inapropriada.   

Escritório prático no quarto extra 根據 INÁ Arquitetura 簡約風
INÁ Arquitetura

Escritório prático no quarto extra

INÁ Arquitetura

No primeiro caso, o ideal é optar por uma cadeira com braços e ajuste regulável, de preferência ergonômica, sem deixar de prestar atenção para não deixar a coluna torta ou inclinada, especialmente se ficar por muito tempo sentado. Uma almofada no assento também pode proporcionar mais conforto, ao mesmo tempo em que cria um efeito decorativo. Por outro lado, convém não escolher uma cadeira confortável demais para evitar pegar no sono.

Já no segundo caso, procure manter os pés bem firmes e apoiados no chão, enquanto os braços devem ficar em um ângulo de 90º na altura do cotovelo ao escrever ou digitar.   

9. Organize tudo e sempre

Não basta ter a escrivaninha dos sonhos, nem o lugar perfeito para ela. É preciso manter ambos sempre organizados para tirar o melhor proveito dos estudos, aumentando a produtividade. Cada coisa deve ter o seu lugar, deve ser fácil de guardar e estar sempre ao alcance na hora que se precisar dela. No caso de uma escrivaninha infantil, a organização deve levar em conta a forma como ela usa o espaço enquanto estuda de modo a se encontrar a melhor solução para ela.

Uma orientação essencial é a de que se posicione a escrivaninha contra a parede para que se possa sentar voltado para ela de forma a aumentar a concentração. Nela, deve-se manter à mão tudo o que for importante para os estudos, como livros, cadernos, textos e outros materiais impressos relevantes, cadernetas, blocos de notas, papéis, estojo ou porta-lápis com itens básicos como lápis, canetas de vários tipos e cores, borrachas, apontadores, além de réguas e similares, se necessários.

O computador de mesa, o notebook, o tablet e até um par de fones de ouvido para acompanhar videoaulas e outros recursos audiovisuais também devem ter o seu espaço na bancada, se forem de fato necessários para os estudos.   

Mas é importante avaliar o que é preciso de fato e se limitar a isso para que não atravanque a escrivaninha, dificultando o seu uso e, consequentemente, prejudicando a realização de tarefas. Essa avaliação é igualmente importante para se poder manter a bancada sempre limpa e organizada, na qual os itens de uso mais frequente fiquem sempre disponíveis e fáceis de localizar, o que evita perda de tempo e concentração.

Nesse sentido, pode ser muito útil e conveniente lançar mão de gavetas com divisórias na marcenaria (protegem do pó e deixa o cantinho mais limpo), nichos e estantes, organizadores de parede e um calendário grande no qual se possa criar um cronograma de provas, trabalhos, exames e compromissos escolares ou acadêmicos.   

根據 homify 現代風

Alguns recursos podem ter, segundo especialistas, um efeito psicológico na retenção de conteúdos ao evocar o ambiente da sala de aula. É o caso de uma lousa ou um quadro branco ou imantado ou, ainda, um painel de cortiça, que podem ter a mesma finalidade do calendário, com a vantagem de trazer leveza e descontração à decoração.

Esses elementos também são ótimos para organizar cronograma e plano de estudos, deixar lembretes e recados, expor anotações e destacar frases motivacionais que podem ajudar a estimular a criatividade e a força de vontade para cumprir as tarefas em dia e com bom desempenho.

É preciso ter em mente que a simplicidade é fundamental na organização de uma escrivaninha para que seu uso seja eficiente. Assim, é recomendável que se busque ter apenas o mínimo para não se desviar a atenção do que realmente interessa, que é o estudo. Aqui também menos é mais.  

10. Lembre-se da decoração

A decoração do cantinho de estudos não deve ser esquecida, pois ela é fundamental para se criar um ambiente, agradável, bonito, confortável e estimulante. Como já foi dito, ela deve acompanhar o estilo do espaço em que a escrivaninha ocupa, seja na sala ou no quarto. O estilo escolhido para esse ambiente tem um papel decisivo na opção por uma escrivaninha clássica, moderna, rústica, romântica ou retrô.  

É um fator de motivação se a decoração do canto de estudos tiver a sua cara. Portanto, escolha alguns elementos que sejam reconfortantes e tragam prazer estético ou emocional, como quadros, flores, porta-retratos e um abajur ou luminária bonita. Se a escrivaninha estiver em um quarto feminino, o modelo com espelho pode tanto servir como cantinho de estudos como penteadeira.  

Já no caso de um adolescente, o espaço de estudo pode receber nichos coloridos, adesivos de parede e até mesmo pintura especial na própria escrivaninha ou, então, exibir pôsteres da sua banda favorita. No quarto infantil, por sua vez, é importante buscar uma identidade divertida para a decoração.

Assim, a escrivaninha pode expor itens do universo da criança como bonecas, carrinhos, bichos de pelúcia, livros coloridos e gibis e pôsteres de super-heróis para dar um toque de alegria – ou seja, aquilo que apaixona e encante a criança. Uma escrivaninha incrível para um quarto infantil é aquela com cama em forma de casinha.

Por fim, algo que pode ser incluído no cantinho de estudos de um quarto infantil é um espaço para descansar e dar um tempo da cadeira, onde esteja disponível um almofadão, um pufe ou um futon que depois pode ser dobrado e colocado debaixo da cama.  

11. Silêncio é essencial

Nunca é demais enfatizar que o silêncio é vital para a concentração e o desempenho nos estudos. Portanto, evite toda e qualquer distração: por exemplo, coloque o celular no silencioso, desligue a televisão e, em uma escrivaninha para computador, se desconecte da internet depois de salvar conteúdos online. Se não houver como evitar as interferências sonoras, use fones de ouvido com uma música suave e relaxante, como aquelas do tipo gênero instrumental.   

12. Evite as interrupções e estimule o cérebro

Para não ficar levantando toda hora e, portanto, interrompendo os estudos de forma a comprometer a concentração e prejudicar o rendimento, evite ir à cozinha para tomar água ou fazer um lanchinho. Deixe à mão uma garrafinha de água: use e abuse desse líquido, pois ele é excelente para afastar a ansiedade e despertar o cérebro.

Também tenha por perto lanches saudáveis, como frutas frescas, frutas secas e barras de cereais, e os consuma aos poucos. Esses alimentos ajudam a regular o nível de açúcar para não cansar o cérebro ou diminuir a sua energia.

Outra boa medida é fazer pausas para descansar a intervalos regulares, portanto é uma boa ideia dar de vez em quando uma pequena caminhada pelo cômodo e trocar por alguns momentos o assento da cadeira pelo de uma poltrona confortável onde relaxar o corpo e mente.

A seguir, uma seleção de cantos de estudo e escritórios com escrivaninhas lindas e interessantes:  

1. Neste quarto jovem, a escrivaninha em U com linhas retas e simples fica perfeita com a decoração descontraída.

2. A escrivaninha em madeira deste espaço leve é minimalista, tem apoio na parede e iluminação lateral e de cima.

3. A sala de estar pode abrigar uma escrivaninha planejada ampla e moderna e com estantes e gavetas.

4. Escrivaninhas com cantos arredondados são mais seguras e, ao mesmo tempo, apresentam um design diferente.

5. A leveza é a marca dessa escrivaninha jovem e moderna com apoio sobre móvel de madeira com armários.

6. Uma mesa de estudo pode ficar até mesmo no hall de entrada ou corredor, se ele for espaçoso.

7. Esse canto de estudos com escrivaninha simples em madeira natural e cores suaves é agradável e aconchegante.

8. Um cantinho de estudos em quarto de criança ou adolescente que faz sucesso é aquele com escrivaninha planejada.

9. Escrivaninha com design moderno e cadeira ergonômica fica linda em quarto jovem com cores contrastantes.

10. Uma escrivaninha pequena é perfeita para o espaço debaixo de um beliche suspenso em quarto infantil.

11. É uma graça esse quarto infantil colorido com escrivaninha branca dupla e modernas cadeiras amarelas.

12. Uma escrivaninha antiga pode ser customizada, como esta pintada de rosa para quarto de menina.

13. Veja que linda esta escrivaninha branca ampla e em L com cadeira de acrílico verde com fundo de tijolinhos vermelhos!

14. Mesmo um cantinho na sala pode receber uma linda escrivaninha e nichos decorativos.

15. Uma escrivaninha de madeira sólida e de linhas simples é atemporal e se harmoniza muito bem com tecnologia.

16. O canto da escrivaninha pode ser bonito e delicado, em cores suaves equilibradas com outras mais vibrantes.

17. A organização da escrivaninha e dos móveis de apoio é fundamental para um bom ambiente de estudos.

18. A harmoniosa mistura de estilos, materiais e cores no canto de estudos cria um ambiente atraente e estimulante.

19. Dar um toque pessoal na decoração da área de estudos traz personalidade e aconchego.

20. Para criar um canto de estudos no quarto das crianças ou adolescentes, basta uma escrivaninha simples e leve.

根據 homify 現代風

21. Delicado e moderno, este quarto de menina reserva um belo espaço para a escrivaninha e a cadeira brancas.

22. Uma mesa de estudo para quarto pode ocupar a lateral da cama, como neste quarto jovem e moderno.

23. A escrivaninha de madeira clássica pode ser altamente decorativa em uma sala espaçosa.

24. Uma mesa para quarto de casal, destinada ao estudo, pode ser instalada sob a janela e em toda a extensão da janela.

25. Este modelo de escrivaninha antiga em madeira sólida é um charme com seu tampo retrátil e várias gavetas.

26. O quarto de casal em cores neutras e de linhas limpas pode ter uma mesa de computador no mesmo estilo.

27. Esta escrivaninha delicada em madeira fica um encanto com as prateleiras azuis e o papel de parede listrado.

28. Um quarto clean e luminoso pede uma escrivaninha leve e clara, com elementos em materiais naturais.

29. Este quarto de criança é só alegria com a escrivaninha com tampo laranja e gavetas azul turquesa!

30. Mais uma escrivaninha sob um beliche, desta vez com marcenaria planejada para área de estudos.

現代房屋設計點子、靈感 & 圖片 根據 Casas inHAUS 現代風

需要請人幫你裝潢設計或蓋房子嗎?
馬上找專業人士!

挖掘更多居家設計的靈感!